Oscar 2019 – Análise dos vencedores

A entrega dos prêmios da Academia foi diferente. Foram quarenta minutos a menos do que o normal. Com todas categorias presentes, a ABC decidiu cortar os monólogos. Sem piadas, sem selfies. Prêmios e músicas, apenas. Uma que outra cutucada no presidente Trump. 

E surpresas.

A vitória de Green Book mostra que a Netflix ainda sofre e que deve lutar muito para conquistar o prêmio de melhor filme. Colman como melhor atriz foi a surpresa positiva. Bohemian vencendo montagem foi o absurdo da noite.   

 

MELHOR FILME

Comentários: Green Book! Confirma o prestígio e a importância da categoria de montagem. A campanha do filme superou a falta de nomeação para melhor diretor. Mas o fato relevante está em Roma e a questão da Netflix. O preconceito ainda é muito forte em Hollywood. Muitos não aceitam o streaming, e Roma provavelmente foi alvo do sistema de votação.

 

MELHOR ATOR

Comentários: A vitória no SAG encaminhou o Oscar de Malek. Bohemian é um filme limitado – tanto é que inicialmente a Fox promoveu-o apenas para melhor ator. 

 

MELHOR ATRIZ

Comentários: por essa eu não esperava! Na verdade, nem a Colman acreditou quando ouviu seu nome. Foi a melhor atriz da temporada, mas a Academia tinha a tradição de premiar carreiras. Glenn Close, esnobada pela sétima vez. 

 

MELHOR DIRETOR

Comentários: Cuarón era o consenso da temporada. Outro que ganhou tudo. Não podia ser diferente.

 

MELHOR ATRIZ COADJUVANTE

Comentários: Esperado! Confirmou minha teoria: SAG foi decisivo. Nenhuma atriz mostrou força, e a mídia estadunidense abraçou Regina King, destacando sua carreira.  

 

MELHOR ATOR COADJUVANTE

Comentários: prêmio mais fácil da noite! Ali venceu ABSOLUTAMENTE TUDO. Não poderia ser diferente.

 

MELHOR ROTEIRO ADAPTADO

Comentários: ganhou o favorito. Sabia que Spike ganharia algo nesta noite. E aproveitou para cutucar o presidente estadunidense.

 

MELHOR ROTEIRO ORIGINAL

Comentários: The Favourite fora do WGA prejudicou a temporada. Mas gostei do reconhecimento de Green Book. Apesar das polêmicas, é um filme interessante e com boa argumentação narrativa. 

 

MELHOR FOTOGRAFIA

Comentários: Era esperado. Cuarón tem um grande prestígio na Academia. Criou um p/b “contemporâneo” – valorizando a qualidade e o dynamic range.

 

MELHOR FIGURINO

Comentários: Vejo como uma surpresa, pois quebra o alinhamento com o BAFTA. 

 

MELHOR EDIÇÃO/ MONTAGEM

Comentários: Mas o que é isso? Além de esnobar os três melhores trabalhos do ano, a Academia entregou o prêmio para um filme com montagem amadora. Inacreditável. Teoria: ficaram com pena dos montadores – que não tiveram condução correta de um diretor por quase todo o filme.

 

MELHOR DIREÇÃO DE ARTE

Comentário: Black Panther venceu um prêmio no sindicato – mas não estava nem perto de ser favorito na temporada. Mostra a boa aceitação do filme na Academia. 

 

MELHOR MAQUIAGEM E CABELO

Comentários: Categoria mais fácil da noite. Vice era grande favorito (e o pessoal esqueceu de treinar o discurso, por sinal).

 

MELHOR EDIÇÃO DE SOM

Comentários: era a categoria mais difícil da noite – poderia ir para qualquer filme. Fiquei feliz por ter acertado em cheio nessa.

 

MELHOR MIXAGEM DE SOM

Comentários: depois do prêmio no BAFTA e no sindicato, Bohemian era o favorito – impossível negar. 

 

CANÇÃO ORIGINAL

Comentários: no começo da temporada existia certa divisão entre All the Stars e Shallow – mas a Warner garantiu a relevância da música e tornou-a consenso.

 

MELHOR TRILHA ORIGINAL

Comentários: grande surpresa! Realmente não imaginava essa vitória de Black Panther.

 

MELHORES EFEITOS ESPECIAIS

Comentários: quem diria? O filme mais esnobado do ano venceu um Oscar! Fiquei feliz.

 

MELHOR FILME EM LÍNGUA ESTRANGEIRA

Comentários: o sonho do comitê de língua estrangeira era ver a dobradinha melhor filme e melhor filme em língua estrangeira. Primeiro Oscar para o México. 

 

MELHOR DOCUMENTÁRIO

Comentários: Free Solo foi dos grandes sucessos da temporada, que virou favorito após o esnobe em Won’t You Be My Neighbor? Abre possibilidades e deve servir de inspiração para tantos outros projetos deste tipo. RBG não teve o apelo necessário. Será que o pessoal ainda está brabo com a Ruth? Pelo visto, sim.

 

MELHOR ANIMAÇÃO

Comentários: Spider-Man venceu tudo o que era possível. Consenso da temporada. 

 

MELHOR CURTA (ANIMAÇÃO)

Comentários: Pixar faz um marketing fortíssimo e direcionado nessa categoria. Fica difícil uma produção independente competir – ainda mais que eles são posicionados antes de um grande lançamento no cinema. 

 

MELHOR CURTA (DOCUMENTÁRIO)

Comentários: SIM! Period pode mudar a vida de MILHÕES de pessoas!!! Ainda bem que venceu o preconceito e a campanha negativa. 

 

MELHOR CURTA

Comentários: Skin (!?). Uma ponta de decepção pela relevância e qualidade de Marguerite, mas tudo bem…

Deixe uma resposta