…continuavano a chiamarlo Trinità (Trinity Ainda é Meu Nome) – 1971

…continuavano a chiamarlo Trinità (Trinity Ainda é Meu Nome, no Brasil) foi uma clara tentativa de explorar a todo custo o estrondoso sucesso de Lo chiamavano Trinità. Terence Hill e Bud Spencer retornam em uma produção sem sal e com um roteiro fraquíssimo.

Mesmo com a mesma direção e com a equipe de produção que cuidou do longa original, desta vez não temos a história direcionada lugar nenhum. Bambino (Spencer) e Trinity (Hill) passam boa parte das duas horas deste filme tentando repetir as hilárias cenas do original. Só que a forçada de barra fica muito clara pela falta de articulação entre as cenas. A dupla não sabe se assume a identidade de ladrões de cavalos, agentes federais disfarçados ou cumprem apenas o papel de bons homens do velho oeste. Mesmo assim o carisma dos protagonistas é impressionante. Impossível não gostar do estilo do pistoleiro mais engraçado do cinema e de seu irmão bruto.

Mas o grande ponto positivo é para a trilha sonora. As composições de Guido e Maurizio De Angelis são tão boas quanto as do longa do ano anterior. Os fãs da mistura entre comédia e western podem até dar algumas risadas, mas confesso que esperava muito mais deste filme.

NOTA: 5/10

IMDB

Comments

comments

Deixe uma resposta