Yojimbo – (Yojimbo – O Guarda-Costas) – 1961

Brigas somadas com uma dose de traição podem trazer a liberdade. Foi com esta frase que Kurosawa conseguiu o financiamento dos estúdios Toho para rodar um filme cujos produtores discordavam de boa parte do roteiro. Yojimbo, além de ser uma das maiores produções de Akira Kurosawa, também foi o longa que deu estabilidade financeira ao diretor e a seus projetos futuros. Apesar de ser uma adaptação de The Glass Key, escrito por Dashiell Hammett, o diretor japonês conseguiu na justiça 20% da arrecadação total de A Fistful of Dollars. Os juiz que trabalhou no caso entendeu que Sergio Leone copiou o roteiro de Akira e procedeu de forma errada ao não contatar a Toho e também por não dar nenhum crédito no western spaghetti.

Histórias secundárias à parte, o filme foi rodado em 1961 e é protagonizado pela popular estrela Toshiro Mifune. O roteiro envolve a chegada de um Ronin (samurai) a uma cidade dividida entre duas facções. Após algumas pessoas explicarem para ele que o caos não pode ser interrompido, ele decide fazer um jogo duplo para desestabilizar as táticas do inimigos e tentar trazer a liberdade de volta ao pequeno vilarejo.

É bem interessante fazer a comparação com o western de Leone pois boa base da persona criada para Clint Eastwood interpretar o Homem sem Nome pode ser vista nas decisões do samurai. Ele é frio, fala pouco, desconfia de todo mundo e muda de planos a cada minuto. Calculista, ele logo entende que está no meio de um jogo de xadrez, e que qualquer decisão errada pode custar sua vida. Alguns acadêmicos dos Estados Unidos afirmam que Yojimbo é um filme tão poderoso e bem produzido que sua até se exibido sem legendas é possível entender a história e a mensagem de Kurosawa. Isto se deve não apenas a qualidade de um roteiro coeso e fechado, que não se preocupa com bobagens e histórias pararelas, mas também a atuação de primeiro nível de um poderoso elenco.

Apesar dos vários momentos de tensão, algumas cenas com uma pitada de humor deixam o longa mais leve.

NOTA: 8/10

IMDB

Deixe uma resposta