The Perfection – 2019

The Perfection, produção da Miramax comprada e disponibilizada no catálogo da Netflix, é o tipo de filme que promove o suspense até o último minuto, repassando informações ao público com muito dinamismo, mas também escondendo detalhes necessários para a construção do gran finale, que acaba oferecendo um produto final surpreendente. Dirigido por Richard Shepard, o toque de filme B não tira os créditos e méritos dos riscos tomados aqui.

No competitivo meio do gênero thriller, por vezes parece difícil se reinventar e, ainda assim, conseguir sucesso com o público. Assim como no terror, é mais fácil explorar clichês e entregar o básico do que correr o risco de fazer algo diferente e tomar prejuízo. Como a “nova” Miramax ainda não tem a pretensão de voltar a competir pelas bilheterias – preferindo o streaming ou a televisão – o peso nas costas do diretor e dos produtores é bem menor.

Charlotte (Allison Williams) era um prodígio do violoncelo que teve que deixar de lado a carreira por conta da doença de sua mãe. Quando tenta fazer ligações para retomar seu rumo na música, descobre que o conservatório comandado por Anton (Steven Weber) tem uma nova estrela: Lizzie (Logan Browning), extremamente metódica e ciente de seus méritos. As duas acabam desenvolvendo uma relação íntima – ponto de partida para a primeira das várias surpresas oferecidas no filme.

The Perfection não seria nada sem a grande atuação de Williams e Browning. A química da dupla é muito boa, especialmente para expandir o ambiente de tensão. O roteiro passa por grandes mudanças, com três viradas de rumo e alternâncias de momentos. Sensualidade, amizade, traição e vingança são tópicos de interesse que ganham vida pela interessante ideia de desconstruir cenas testemunhadas pelo espectador minutos antes.

The Perfection, obviamente, apresenta problemas de estrutura: por vezes alonga cenas de forma exagerada; e em outros casos oferece linhas de diálogo bem abaixo da entrega das duas atrizes. Mas tendo em vista o bom produto de entretenimento – especialmente na condição de adição de catálogo da Netflix – o filme cumpre seu objetivo e oferece plot twists interessantes.

Comentário em vídeo:

NOTA: 6/10

IMDb

Deixe uma resposta