Final Score (Refém do Jogo) – 2018

Quando Dave Batista saiu da WWE, seu objetivo era claro: seguir os passos de The Rock no cinema, tornando-se um ator de ponta no gênero ação. De fato, o resultado até aqui foi melhor do que outras estrelas que tentaram a mesma façanha de Rock, como John Cena, mas Dave ainda não encontrou o espaço que precisava nos blockbusters. Final Score (Refém do Jogo, no Brasil) é um longa que tenta emular a sensação de um filme de grande orçamento ao propor uma ação que tenta se inspirar na série Duro de Matar, mas que deixa evidente diversos erros e falhas estruturais que acabam com qualquer tensão e credibilidade que o longa tenta passar.

Um grupo separatista russo liderado por Arkady Belov (Ray Stevenson) aproveita que o West Ham recebe uma equipe local e invade o estádio. Eles ameaçam explodir o local caso o governo britânico não entregue Dmitri (Pierce Brosnan, infelizmente em uma atuação pouco inspirada), que se faz presente na partida como espectador. No entanto, Mike Knox (Batista) decidiu levar a filha de seu melhor amigo na partida – e acaba sendo a principal resistência aos russos.

A premissa de um homem que tenta conter um ataque terrorista por conta própria é explorada desde a década de 1980 – e não teve qualquer renovação desde então. Final Score, basicamente tenta copiar a fórmula de Duro de Matar em todos os sentidos possíveis, desde roteiro até condução técnica. No entanto, após mais de três décadas de esgotamento deste subgênero – é nítida a saturação do mercado.

Batista é um ator com potencial, mas esconde-se em personagens que pouco avançam dentro do roteiro – fazendo o tradicional feijão com arroz para cumprir os objetivos. Neste caso específico, o diretor Scott Mann abusou de conexões sem sentido na história para tornar o instante decisivo mais importante do que realmente é.

Final Score é o tipo de filme de ação que tenta transmitir a ideia de entretenimento puro. Por isso, deixa de lado convenções tradicionais sobre diálogos e sequência de tomadas para investir em tiros e em uma lógica que necessita da boa vontade do público para ignorar os furos do roteiro. É um filme que enfrentará sérios problemas no mercado internacional pela falta de inovação.

NOTA: 3/10

IMDb

Comments

comments

Deixe uma resposta