Their Finest (Sua Melhor História) – 2016

Transmitir a essência do processo de criação e desenvolvimento de roteiros é extremamente difícil de se fazer nas telas do cinema, já que é necessário uma narrativa que consiga simplificar para o espectador as várias partes envolvidas neste meio. Quanto mais nos afastamos do mundo atual, maior o desafio. No caso de Their Finest (Sua Melhor História, no Brasil), ocorre um interessante paralelo: ao adaptar o livro de Lissa Evans, a diretora Lone Scherfig tem a missão de tentar seguir com precisão detalhes do livro ao mesmo tempo em que busca trazer certa originalidade na forma como conduz a história.

Gemma Arterton interpreta Catrin Cole, dona de casa que vive em Londres no período da Blitz, quando os alemães bombardeavam o território britânico várias vezes ao dia. Após conseguir um emprego no Ministério da Informação, ela entrevista duas irmãs que participaram da evacuação de Dunquerque e leva a história pra seus chefes, que decidem produzir um longa metragem de propaganda. Trabalhando ao lado de Tom Buckley (Sam Claflin), Catrin busca superar o preconceito por ser mulher, tanto no ambiente de trabalho quanto em casa, já que seu marido, Ellis (Jack Huston), não aceita o fato de sua esposa ficar fora durante boa parte do dia.

O espectador tem a oportunidade de acompanhar o crescimento de Catrin, passando de mera burocrata até roteirista, a partir de uma história bem contada. Existem, claro, problemas pontuais: o filme é demasiado longo, investindo em cenas completamente desnecessárias que não são uteis para o laço de intimidade que Scherfig tenta montar.

De certo modo, a produção da BBC Films salienta a importância do cinema de estúdio, prestando algumas homenagens a clássicos do período. É extremamente importante ressaltar a fundamental contribuição do cinema nos esforços de propaganda (especialmente no recrutamento) durante a Segunda Guerra Mundial. No caso de Their Finest, o filme com roteiro criado em parte por Catrin tem várias faces: em primeiro lugar, de conscientizar a bravura dos soldados aliados em Dunquerque; logo após, alguns objetivos secundários são fixados. Entre eles, talvez o que mais chame a atenção seja a forma como o próprio projeto foi reestruturado para abrigar um ator estadunidense, tentando fixar para o público a imagem de amizade e a necessidade dos Estados Unidos entrarem na guerra para defender a democracia.

Quando a proposta é discutir cinema e história, Their Finest apresenta ótimas passagens. O maior problema de estrutura está na tentativa de discutir a vida pessoal de Catrin de forma melodramática. Ainda assim, uma boa produção britânica, que ganha espaço nos cinemas quase um ano depois de seu lançamento.

NOTA: 6/10

IMDb

Comments

comments

Deixe uma resposta