Going in Style (Despedida em Grande Estilo) – 1979

Going in Style (Despedida em Grande Estilo, no Brasil) foi a grande comédia de 1979. A produção dirigida por Martin Brest conquistou o público pela ingenuidade e por resgatar o subgênero caper (quando o lado cômico domina um filme de assalto).

Joe (George Burns), Al (Art Carney), e Willie (Lee Strasberg) vivem do dinheiro que recebem do governo. A metódica rotina dos três idosos é composta por comentários sobre notícias dos jornais – geralmente em um banco de uma praça de Queens, em Nova York, onde aproveitam para alimentar os pombos. Após ficar impressionado com o fluxo de dinheiro de um banco, Joe sugere assaltar o local, e organiza com seus amigos um plano para tudo correr com sucesso.

Going in Style aproveita muito bem seu tempo de rodagem. Os três personagens conseguem expor traços de sua personalidade, ainda que George Burns domine o tempo de tela. Brest não recebeu muito dinheiro da Warner para financiar seu filme – e isso é comprovado em certas ocasiões: quando os amigos decidem viajar de avião pela primeira vez, ao invés de captar a reação deles dentro da aeronave, a solução foi filmar uma decolagem e colocar algumas linhas de diálogo por cima.

Nada tira o brilho da atuação dos três atores, já que eles deixam a produção especial. Em meio ao humor, uma reflexão sincera sobre a terceira idade é lançada ao público. Joe deixa claro que não tem nada a perder, pois está no fim de sua vida. A ‘caridade’ apresentada na narrativa poderia muito bem ser deslocada para a realidade de tantas pessoas que vivem sozinhos mas que tentam ajudar ao próximo.

Com o lançamento do remake da New Line, provavelmente o interesse pela versão original aumentará significativamente. É um belo caso de um filme que foi esquecido – e que talvez com o resgate dos críticos, acadêmicos e jornalistas possa respirar novamente e comprovar sua qualidade.

NOTA: 7/10

IMDb

Comments

comments

Deixe uma resposta