Vencedores do Spirit Awards 2017

O Independent Spirit Awards é uma premiação única no cinema. Dá a visibilidade para vários produtores e diretores, além de prestigiar ótimos atores que ás vezes são esquecidos de outras grandes premiações.

Desde 2013 sou membro da Film Independent e voto na premiação (confira aqui minhas seleções). Neste ano, confesso que não tive problemas na seleção dos meus favoritos, e fiquei satisfeito por ver a maioria saindo com o prêmio.

Melhor filme: Moonlight

Comentário: é tudo o que a Film Independent quer promover: um longa original, que toma posição e não tem medo de explorar uma história que poderia ocorrer em qualquer lugar do mundo. Vitória mais que merecida!

Melhor diretor: Barry Jenkins -Moonlight

Comentário: Justo e previsível. Fez a dobradinha com o prêmio principal.

Melhor ator: Casey Affleck – Manchester by the Sea

Comentário: Reconhecimento para Casey! As polêmicas passadas não atingiram a campanha do Spirit Awards.

Melhor atriz: Isabelle Huppert – Elle

Comentário: uma homenagem a esta grande atriz. Mas permaneço com o pensamento de que Natalie foi a melhor atriz de 2016 (e não recebeu um terço do reconhecimento que deveria).

Melhor atriz coadjuvante: Molly Shannon – Other People

Comentário: surpresa da noite para mim. Muito legal ver uma atriz que dê tanta importância a este prêmio, que realmente tem potencial para elevar carreiras.

Melhor ator coadjuvante: Ben Foster -Hell or High Water

Comentário: Sensacional!!! Ben foi fantástico.

Melhor roteiro: Moonlight

Comentário: certamente a categoria mais disputada de toda a noite. Três filmes (Moonlight, Manchester e Hell or High Water) com totais condições de vitória. Gostei da vitória de Moonlight.

Melhor documentário: O.J.: Made in America – Diretor: Ezra Edelman

Comentário: O grande documentário de 2016. Não tinha a mínima chance de derrota. Uma aula!

Melhor filme estrangeiro: Toni Erdmann

Comentário: o grande destaque do cinema estrangeiro durante toda temporada. Somente é ameaçado por O Apartamento no Oscar (e por conta do governo Trump).

Melhor fotografia: James Laxton – Moonlight

Comentário: apesar da disputa acirrada com American Honey, Moonlight mostrou seu total domínio.

Melhor ediçãoMoonlight

Comentário: outro prêmio previsível, tendo em vista o quanto os membros da Film Independent amaram este filme.

Melhor primeiro filme: The Witch Diretor: Robert Eggers. Produtores: Daniel Bekerman, Jay Van Hoy, Lars Knudsen, Jodi Redmond, Rodrigo Teixeira

Comentário: foi principal filme independente de 2016. Prêmio mais que merecido.

Melhor primeiro roteiro: Robert Eggers – The Witch.

Comentário: teve uma construção atípica. Dentre os indicados, realmente era o que mais se destacava.

John Cassavetes Award: Spa Night

Comentário: É a categoria com menor prestígio da noite. Poucos são os membros que assistem todos os screeners. Destaque para o forte discurso político do diretor.

Comments

comments

Um comentário em “Vencedores do Spirit Awards 2017

Deixe uma resposta