Apostas para o Oscar 2017

O Oscar entra em cena com grandes favoritos. Diferentemente do ano passado, as principais categorias tem apenas uma disputa em aberto (melhor ator). Ainda assim, a Academia pode surpreender e criar alguns momentos memoráveis (como Isabelle Huppert com o Oscar). Como ocorre todos os anos, listo todos os nomeados com meus palpites (sempre em negrito) e comentários. Para quem aposta no GoldDerby, deixo o link das minhas escolhas (clique aqui).

Prevejo uma grande noite para La La Land, com dez vitórias (ficando a apenas um Oscar de igualar o recorde histórico). A grande surpresa seria com a vitória de O Apartamento na categoria de filme estrangeiro, e Denzel Washington desbancando o favorito Casey Affleck.

Melhor filme:
Arrival
Fences
Hacksaw Ridge
Hell or High Water
Hidden Figures
La La Land
Lion
Manchester by the Sea
Moonlight

Comentários: Moonlight aparece durante toda temporada como um nome fortíssimo, mas aos poucos foi perdendo espaço (como The Revenant no último ano). Aposto em La La Land não apenas por dividir o recorde de nomeações ao Oscar com Titanic e  All About Eve, mas também por conseguir provar que um musical de alto nível é capaz de disputar qualquer tipo de prêmio com dramas tradicionais.

Quem corre por fora? É praticamente impossível pensar que La La Land não vá levar o prêmio principal da noite. Moonlight seria a opção mais óbvia – e ainda assim seria uma surpresa, tendo em conta a vitória do musical no PGA.

Melhor diretor:
Denis Villeneuve, Arrival
Mel Gibson, Hacksaw Ridge
Damien Chazelle, La La Land
Kenneth Lonergan, Manchester by the Sea
Barry Jenkins, Moonlight

Comentários: Aposto em Damien Chazelle. Grande vencedor do Directors Guild of America e unanimidade na temporada de premiações.

Quem corre por fora? Novamente afirmo que qualquer outro resultado seria uma surpresa para entrar na história de upsets da Academia. Barry Jenkins seria o mais provável.

Melhor ator:
Casey Affleck, Manchester by the Sea
Andrew Garfield, Hacksaw Ridge
Ryan Gosling, La La Land
Viggo Mortensen, Captain Fantastic
Denzel Washington, Fences

Comentários: Essa é a grande disputa deste ano! Meu voto em Denzel Washington se dá por dois motivos. 1) sua vitória no SAG Awards, que acertou o vencedor nesta categoria nos últimos treze anos; 2) o movimento de Hollywood para discutir mais uma vez a postura de Casey Affleck, voltando com várias polêmicas de seu passado. Este mesmo movimento, iniciado por publicações especializadas em cinema, enterrou The Birth of a Nation, o que deve ser um alerta.

Quem corre por fora: Neste caso, Casey. Muitos me perguntam sobre as chances de Gosling – e eu venho dizendo que elas são nulas, especialmente pela forma como ocorre a votação na Academia.

Melhor atriz:
Isabelle Huppert, Elle
Ruth Negga, Loving
Natalie Portman, Jackie
Emma Stone, La La Land
Meryl Streep, Florence Foster Jenkins

Comentários: se eu votasse no Oscar, essa seria a categoria mais difícil. Já deixei claro aqui no site que a atuação de Natalie Portman, na minha visão, foi a melhor de uma atriz em 2016. Mas a Academia não gostou tanto do filme de Larraín. A disputa é muito acirrada: Stone, vencedora de todos os prêmios possíveis nos Estados Unidos, ou Huppert, que encantou em um filme estrangeiro esnobado pela própria Academia. Minha aposta é em Emma StoneO histórico da categoria de melhor atriz deixa claro que quase sempre a favorita da temporada leva a premiação. Quem aposta em Huppert pode olhar para a edição de 1962 e se inspirar com a vitória de Sophie Lauren em cima da favoritíssima Geraldine Page. É difícil, mas não impossível.

Melhor ator coadjuvante:
Mahershala Ali, Moonlight
Jeff Bridges, Hell or High Water
Lucas Hedges, Manchester by the Sea
Dev Patel, Lion
Michael Shannon, Nocturnal Animals

Comentários: Mahershala Ali foi unanimidade durante toda temporada de premiação.

Quem corre por fora? os demais nomeados tem um trabalho muito equilibrado. O Oscar para Dev Patel seria a surpresa da noite.

Melhor atriz coadjuvante:
Viola Davis, Fences
Naomie Harris, Moonlight
Nicole Kidman, Lion
Octavia Spencer, Hidden Figures
Michelle Williams, Manchester by the Sea

Comentários: Aposto em Viola DavisCategoria mais fácil do Oscar deste ano.

Melhor roteiro original:
Hell or High Water
La La Land
The Lobster
Manchester by the Sea
20th Century Women

Comentários: Disputa claríssima entre La La Land e Manchester by the Sea. Aposto neste último.

Melhor roteiro adaptado:
Arrival
Fences
Hidden Figures
Lion
Moonlight

Comentários: Moonlight!

Quem corre por fora? Hidden Figures – se a Academia quiser de fato dar uma resposta as críticas do último ano.

Melhor fotografia:
Arrival
La La Land
Lion
Moonlight
Silence

Comentários: Dos indicados, o trabalho feito por Linus Sandgren em La La Land é o melhor, e deve levar o prêmio da Academia.

Melhor filme estrangeiro:
Land of Mine
A Man Called Ove
Forushande
Tanna
Toni Erdmann

Comentários: Por conta do o governo Trump, Forushande (O Apartamento), é o favorito absoluto desta categoria.

Melhor edição:
Arrival
Hacksaw Ridge
Hell or High Water
La La Land
Moonlight

Comentários: Antigamente era comum ver este prêmio ir também para o melhor filme. Hoje em dia a corrida é bem mais disputada. Ainda assim, mantenho a aposta em La La Land.

Quem corre por fora? Hacksaw Ridge.

Melhores efeitos visuais:
Deepwater Horizon
Doctor Strange
The Jungle Book
Kubo and the Two Strings
Rogue One: A Star Wars Story

Comentários: com a vitória recente no VES Award, o favoritíssimo é The Jungle Bookminha aposta.

Quem corre por fora? Até o mês passado Rogue One: A Star Wars Story era o favorito ao prêmio. Mas a controvérsia gerada em torno do uso de Peter Cushing no filme parece ter afetado diretamente a campanha ao Oscar.

Melhor design de produção:
Arrival
Fantastic Beasts and Where to Find Them
Hail, Caesar!
La La Land
Passengers

Comentários: categoria difícil de se prever. A aposta segura é sempre no provável vencedor do Oscar de melhor filme. Fico, portanto, com La La Land, que também venceu o ADG de filme contemporâneo.

Quem corre por fora? Fantastic Beasts and Where to Find Them ganhou força no BAFTA. Pode surpreender.

Melhor figurino:
Allied
Fantastic Beasts and Where to Find Them
Florence Foster Jenkins
Jackie
La La Land

Comentários: Apenas quinze filmes desde 1948 venceram essa categoria sem uma nomeação para design de produção. Por conta disso, aposto em La La Land,

Quem corre por fora? Jackie, que no final do ano passado era franco favorito tanto a este prêmio quanto ao de design de produção.

Melhor maquiagem e cabelo:
A Man Called Ove
Star Trek Beyond
Suicide Squad

Comentários: Deadpool, favorito do sindicato, foi esnobado no Oscar. Para o membro votante da Academia, acredito que a escolha mais fácil seja Star Trek Beyond.

Melhor trilha original:
Jackie
La La Land
Lion
Moonlight
Passengers

Comentários: La La LandNão tem como imaginar um musical ganhar o Oscar de melhor filme sem vencer nesta categoria, certo?

Melhor canção original:
“Audition (The Fools Who Dream),” La La Land
“Can’t Stop the Feeling,” Trolls
“City of Stars,” La La Land
“The Empty Chair,” Jim: The James Foley Story
“How Far I’ll Go,” Moana

Comentários: “City of Stars,” La La Land. Unanimidade!

Melhor edição de som:
Arrival
Deepwater Horizon
Hacksaw Ridge
La La Land
Sully

Comentários: poucos sabem, mas La La Land é o primeiro musical indicado nesta categoria. Por mais que esse feito seja notável, não acredito que a Academia vá premiar o filme justo nesta categoria extremamente técnica. Aposto em Hacksaw Ridgeprestigiado no Motion Picture Sound Editors.

Melhor mixagem de som:
Arrival
Hacksaw Ridge
La La Land
Rogue One: A Star Wars Story
13 Hours: The Secret Soldiers of Benghazi

Comentários: Deve ser uma vitória tranquila para La La Land.

Quem corre por fora? Arrival

Melhor animação:
Kubo and the Two Strings
Moana
My Life as a Zucchini
The Red Turtle
Zootopia

Comentários: Corrida entre Zootopia (minha aposta) e Kubo and the Two Strings.

Melhor documentário:
Fire at Sea
I Am Not Your Negro
Life, Animated
O.J.: Made in America
13th

Comentários: sem Weiner na lista (provavelmente por conta do trauma da eleição presidencial do último ano nos EUA), O.J.: Made in America será o grande vencedor da noite.

Quem corre por fora: Netflix, com 13th.

Melhor filme estangeiro:
Land of Mine
A Man Called Ove
Forushande
Tanna
Toni Erdmann

Comentários: Durante toda temporada de premiação banquei a vitória de Toni Erdmann. Com a recente polêmica da administração Trump, acredito que a Academia entregará o prêmio para  O Arpartamento – Forushande, com um discurso forte contra o atual governo dos EUA.

Melhor documentário (curta):
Extremis

4.1 Miles

Joe’s Violin

Watani: My Homeland

The White Helmets

Comentários: cada ano está mais difícil fazer previsões sobre as categorias que envolvem os curtas. Não basta assistir todos, temos também que levar em conta a cabeça dos membros da Academia e o direcionamento de seus votos. Fico com Extremisque tem um tom dramático muito parecido com os vencedores dos últimos três anos nesta categoria.

Melhor curta:
Ennemis intérieurs
La Femme et le TGV
Silent Nights
Sing
Timecode

Comentários: Ennemis intérieurs propõe uma reflexão interessantíssima, e é minha aposta.

Corre por fora: Sing, também maravilhoso.

Melhor curta de animação:
Blind Vaysha
Borrowed Time
Pear Cider and Cigarettes
Pearl
Piper

Aposta: PiperSeria o primeiro prêmio da Pixar nesta categoria. A animação é doce e leve.

Corre por fora: Blind Vaysha. Segue o modelo recente de premiados da categoria. Não seria nenhuma surpresa sair com o prêmio, por sinal.

Comments

comments

Deixe uma resposta