Busanhaeng (Invasão Zumbi) – 2016

A Coreia do Sul tem uma rica indústria cinematográfica que demonstra sua expansão anual com bons filmes. Busanhaeng (Invasão Zumbi, no Brasil) é mais um esforço para firmar o gênero de terror como o principal fruto da recente abertura mundial do mercado do país.

Um pai divorciado (Gong Yoo) toma um trem de Seul para Busan junto de sua filha (Kim Su-an) para passar o aniversário junto da garota. Ocupado com seu trabalho, ele busca paz em seu momento de folga. O que apenas a audiência sabe é que um vírus acaba de se espalhar em todo país, e um dos zumbis infectados acabou de embarcar no mesmo trem. O pai e sua filha juntam-se a um grupo de pessoas para lutar pela sobrevivência, enfrentanto inúmeros desafios criados em meio do trajeto percorrido a 300km/h;

Com direção e roteiro de Sang-ho Yeon, existe uma forte inspiração em George A. Romero. Desde que o subgênero voltado aos zumbis foi criado, com Night of the Living Dead, cada filme pode ter uma leitura voltada para a análise das alegorias sociais de um determinado país. Neste caso, nota-se que Yeon colocou todo seu esforço na absorção dos mais variados perfis que representam a atual crise política e econômica enfrentada pelos coreanos.

Os efeitos gráficos não tem a mesma eficiência das produções recentes dos Estados Unidos. Isso não tira, no entanto, o  grande mérito do roteiro de não buscar resolver vários conflitos secundários em um filme de zumbis. Sim, existem falhas e o final é montado na superficialidade a partir da péssima decisão de abraçar um bocado de clichês. Mas fiquei com a impressão geral de que as duas horas foram bem aproveitadas, e as situações inusitadas se apresentam como uma tentativa de renovação da própria história.

Busanhaeng conseguiu excelentes índices de bilheteria no mercado asiático, além da ampla distribuição internacional. Isso foi o suficiente para garantir a compra dos direitos do roteiro para reprodução em língua inglesa foi feito pela Gaumont.

NOTA: 7/10

IMDb

Comments

comments

Deixe uma resposta