Locke – 2013

Antes de entrar em seu carro, Ivan Locke (Tom Hardy) tinha tudo. Engenheiro de sucesso, casado e com dois filhos, algumas ligações depois o homem vê todo seu patrimônio desmoronar por conta de uma única ação que muda completamente sua família, seu trabalho e seu próprio comportamento. Durante a construção de um prédio em uma cidade distante, Locke se envolveu por uma noite com uma mulher. O problema veio oito meses mais tarde, com a notícia de a criança fruto deste relacionamento estava prestes a nascer. Locke deixa para trás seus filhos, que o esperavam para acompanhar um importante jogo de seu time de futebol, deixa na mão seus colegas, que contavam com sua presença no dia seguinte para comandar um acordo estimado em 100 milhões de dólares e coloca em risco seu casamento de quinze anos para enfrentar o trânsito da M6 inglesa.

Apesar da impressão de que o longa foi rodado em apenas uma tomada de noventa minutos, este filme em real time foi produzido em seis dias. É interessante notar como as produções estreladas por apenas um homem conquistam o público pela sua imensa simplicidade. Com um orçamento inferior a dois milhões de dólares, a história que se desenrola dentro de uma BMW tem hora para começar e terminar – sendo recheada de pequenas decisões que devem ser tomadas pelo protagonista. Neste caso, o trabalho de Hardy foi fundamental para expressar os sentimentos de angustia, confusão e frustração que nos acompanham pelos 80 minutos de duração.

A aposta em um filme sem um grande twist, ou seja, sem uma surpresa final chega a surpreender se levarmos em conta que Steven Knight ficou conhecido na Inglaterra justamente por conta deste artifício em seus roteiros. Em seu segundo trabalho como diretor, a simplicidade toma conta. Uma ideia boa, bem executada e que entrega um resultado positivo – apesar de não ser perfeito. Não é revolucionário, não é brilhante mas oferece ao espectador uma grande oportunidade de entretenimento fora dos padrões atuais.

NOTA: 7/10

IMDB

Comments

comments

Deixe uma resposta