7th Heaven (Sétimo Céu) – 1927

Vencedor de três prêmios da Academia na primeira edição do Oscar, 7th Heaven (Sétimo Céu, no Brasil) é um melodrama que combina elementos apresentados em Sunrise, The Crowd e Wings.

Baseado em uma das peças de teatro mais famosas da Broadway na década de 1920, o filme mudo dirigido por Frank Borzage (primeiro vencedor de um Oscar de direção junto com Lewis Milestone, de Two Arabian Knights) conta uma história de amor entre Diane (Janet Gaynor, primeira vencedora do prêmio de melhor atriz) e Chico (Charles Farrell). Enquanto a moça sofre com problemas familiares, o homem tem uma vida extremamente simples. Chico desistiu da religião após seu pedido para Deus lhe dar uma esposa e um emprego melhor não ser atendido. O caminho para a felicidade, no entanto, estava mais perto do que ele podia imaginar. Ambientado em Paris, o romance entre os dois é interrompido subitamente por conta da Primeira Guerra Mundial..

O papel de Gaynor lembra muito sua intepretação em Sunrise – uma mulher triste e oprimida que aos poucos se revela muito mais forte do que pensava. A boa repercussão deste longa trouxe várias oportunidades de trabalho para a atriz, que contracenou com Charles Farrell em dez outras produções (inclusive algumas dirigidas pelo próprio Borzage).

Em comparação com todos os demais longas de sua época, 7th Heaven tem um senso de progressão muito insatisfatório. A adaptação do teatro para o cinema não levou em conta o tempo para o espectador entender a proposta e comprar a história por completo. Apesar de algumas tomadas sensacionais de Borzage, uma pessoa que assiste o longa na década de 2010 pode sentir facilmente como o tempo maltratou a imagem do longa, que não se assemelha nem um pouco com Wings (a superprodução do cinema mudo com um romance de fundo na Primeira Guerra Mundial) ou Sunrise (o melodrama que apresenta uma história plausível). Isto se dá por conta das cenas finais, que desafiam a inteligencia do público ao apresentar uma solução muito simples para um problema de grandes proporções. A fórmula funcionou no teatro, mas no cinema é outra história.

Apesar de seus prêmios, não é difícil entender o motivo pelo qual 7th Heaven é um dos filmes menos badalados de seu tempo.

NOTA: 6/10

IMDb

Comments

comments

Deixe uma resposta