The Lorax (O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida) – 2012

Adaptado da história escrita por Dr. Seuss, The Lorax (O Lorax: Em Busca da Trúfula Perdida, no Brasil) passa uma mensagem de cuidado ao maior bem que o homem tem disponível – a natureza. Fora isso, fica a pergunta: como você transforma um livrinho de quinze minutos de leitura em um filme de noventa minutos? A resposta não pode passar muito longe da enrolação, o que é o maior problema desta bonita animação estadunidense.

Lorax é a voz das indefesas árvores, uma espécie de defensor da natureza e que garante o bem estar de todos os animais da região da fictícia Thneedville. Muitas décadas atrás todo o ecossistema da região foi destruído por Once-ler, um jovem que acabou com todo o tipo de vida após construir uma indústria e desmatar tudo o que via pela frente. Na história do filme, o garoto Ted não se incomoda por viver em uma cidade de plástico. Só que depois que sua amada, Audrey, pede de presente uma árvore de verdade, o menino acaba descobrindo o paradeiro de Once-Ler e se envolve com Aloysius O’Hare, dono de uma empresa que vende ar puro.

Após o lançamento do livro, Seuss garantiu que sua obra ficaria reconhecida por levantar a bandeira contra a ganância e em defesa do meio ambiente. Se tal fato é indiscutível, até mesmo nesta adaptação, por outro lado não é possível não ficar incomodado com o lento progresso de The Lorax. Mesmo com algumas bonitas transições de cena, a fala de carisma dos personagens principais é notável.

Uma boa animação, nada além disso.

NOTA: 6/10

IMDB

Comments

comments

Deixe uma resposta