Neighbors (Vizinhos) – 2014

As produtoras estadunidenses sabem que apostar em nomes populares da comédia na temporada de verão é um tiro certeiro. O retorno financeiro é certo, desde que sejam cumpridos alguns rituais: 1) investir em situações bizarras; 2) tentar fazer humor a partir das características únicas das estrelas do elenco; e 3) apelar para o sexo. Neighbors (Vizinhos, no Brasil) segue tal planejamento de forma tão convincente que o resultado final não poderia ser outro senão um roteiro cheio de furos e extremamente mal conduzido.

Seth Rogen interpreta Mac, um homem que acabou de se tornar papai e se vê preso em uma nova rotina (aliada a um trabalho insuportável no escritório). Junto com sua mulher, Kelly (Rose Byrne), os dois tentam manter uma relação amorosa saudável, apesar das várias preocupações com o bebê. Eles descobrem que uma república de estudantes liderada por Teddy (Zac Efron) acaba de se transferir para a casa do lado. Mas após o casal passar uma ótima noite com seus vizinhos (regada a bebidas e drogas), tudo piora quando a polícia é chamada na noite seguinte por Mac para interromper a festa dos jovens. Uma forte rivalidade acaba de começar.

Talvez o único ponto seja a tentativa de condução feita pelas vários confrontos que ocorrem. Isto faz com que o espectador se posicione a favor de Teddy ou Mac. Cada um tem seus altos e baixos – e não existe apenas um vencedor nesta disputa pelo controle do bairro. O final é bastante previsível e faz com que todos saiam com um sorriso do cinema. O problema é que a realidade é totalmente comprometida a partir do momento em que o bebê é escanteado e várias situações irreais tomam lugar, em uma desesperada tentativa de tirar gargalhadas do público.

NOTA: 2/10

IMDB

Comments

comments

Deixe uma resposta