La ragazza del lago (Menina do Lago) – 2007

Após me encantar e emocionar com Toni Servillo em La grande bellezza, fui atrás de outros longas deste grande ator italiano. Já havia aprovado com louros sua atuação em Il divo: La spettacolare vita di Giulio Andreotti, onde ele deu vida ao polêmico personagem do título.

La ragazza del lago (Menina do Lago, no Brasil) foi dirigido por Andrea Molaioli e chegou as telas em 2007 com muita expectativa. Após ter vencido o David di Donatello de melhor filme, a produção foi esnobada pela Associação de cinema da Itália, que preferiu indicar Gomorrah (de Matteo Garrone) ao Oscar. Mas o problema deste longa é a total indefinição sobre qual direção e foco a ser tomado pelos 90 minutos de exibição.

O corpo da jovem e bela Anna é encontrado nu na beira de um rio. O comissário Sanzio (Servillo) fica a cargo da investigação para descobrir o motivo da moça não ter reagido e lutado pela sua vida. Aos poucos ele entra no cotidiano do pacato vilarejo e passa a suspeitar de todos, desde o namorado até um homem com graves problemas mentais. Mas a solução para o crime envolve um conflito moral muito maior do que Sanzio pode imaginar.

Apesar de alguns clichês básicos, como jogar a culpa para um inocente para descobrir que o real assassino tinha intenções mais simples do que se parecia, o clima de tensão é desenvolvido de maneira bem interessante. Muito disto passa pela ótima trilha sonora e pela ambientação organizada por Nicola Giuliano, que na minha opinião é o melhor produtor europeu de cinema em atividade. Apesar do protagonista ser um membro da comunidade, o espectador é inserido no dia-dia da cidade e acompanha todos os passos que levam a conclusão do inquérito. Ou seja, você realmente acompanha a construção e desenvolvimento dos passos tomados. Nós sabemos tanto quanto o investigador. Ponto positivo!

Mas como citei anteriormente, o filme não sabe se foca no drama pessoal de Sanzio, na investigação em si ou nas vidas afetadas pela morte de Anna. O final do filme é bem fraquinho, feijão com arroz básico para não desagradar ninguém.

NOTA: 6/10

IMDB

Comments

comments

Deixe uma resposta