The Lavender Hill Mob (O Mistério da Torre) – 1951

The Lavender Hill Mob (O mistério da torre) é uma deliciosa comédia britânica produzida no inicio da década de 1950 que levou o Oscar de melhor roteiro original, desbancando Viva Zapata. Estrelado pelo mestre Alec Guinness, o filme trata sobre a história de Holland, um funcionário de um banco londrino que monta um plano para desviar uma carga de ouro junto com seu novo vizinho (interpretado por Stanley Holloway), um fabricante de souvenir.

Já sabemos que o golpe foi bem sucedido nos segundos iniciais do filme, pois Holland aparece desfrutando sua aposentadoria no Rio de Janeiro. O planejamento do golpe, muito bem contextualizado e sintetizado, foi elaborado pelo roteirista T.E.B. Clarke. A sensação de imersão na história é tão boa que você nem sente os 80 minutos passarem.

Este filme ganhou um status cult também pela presença de duas estrelas no seu inicio de suas carreiras: Robert Shaw e Audrey Hepburn fizeram pontas muito rápidas, despertando a curiosidade dos fãs, que pressionaram o estúdio Anchor Bay a produzir mais cópias em DVD, considerando que seu lançamento, em 2002, foi limitado apenas para a região de Londres.

Alec Guinness foi indicado ao Óscar de melhor ator, mas perdeu para a memorável atuação de Gary Cooper em High Noon. Apesar de exagerar em situações irreais (como na cena onde os dois vigaristas fogem de uma Academia de Polícia de forma desastrada), a produção é uma das boas comédias criminosas da década de 1950.

NOTA: 7/10

Comments

comments

Deixe uma resposta